Imprimir esta página
quinta, 08 outubro 2015 11:41

CENTRO DE INTERPRETAÇÃO AMBIENTAL ABRIU ONTEM AO PÚBLICO

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

Foi ontem, no Dia Mundial da Água, que o CIA abriu as suas portas à comunidade. Situado em pleno Parque da Cidade da Mealhada, o CIA está equipado com os mais modernos equipamentos, permitindo a realização de diversas atividades pedagógicas relacionadas com o meio ambiente. Um espaço destinado a toda a comunidade, mas que terá uma especial importância para os alunos do concelho. “É mais uma ferramenta essencial à comunidade educativa. Vai ser um complemento para a aprendizagem que os nossos alunos já têm na escola, uma forma de os sensibilizar ainda mais pelas questões ambientais”, salientou o vice-presidente da Câmara, e responsável pelo pelouro da Educação, Guilherme Duarte.

A sua gestão resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal da Mealhada e a Fundação Mata do Buçaco. “É para mim uma honra e um privilégio poder estar ligado a este projeto. A dimensão deste espaço é ótima, a localização – no Parque da Cidade – é perfeita e aqui as crianças vão poder contactar e saber mais sobre tudo o que envolve o Ambiente”, sublinhou o presidente da Fundação Mata do Buçaco, António Gravato. “A Fundação lida diariamente com questões ambientais e estou certo que podemos dar um excelente contributo. Este espaço acaba por ser também a nossa casa”, concluiu o presidente da fundação.

A delegada regional de Educação do Centro foi a última a discursar. Cristina Oliveira começou por dirigir a palavra às crianças que participaram na cerimónia de abertura, lembrando todos os presentes que o CIA é, sobretudo, para elas. “Os adultos tiveram muito trabalho para construírem este espaço e ele é para vocês, que serão os grandes portugueses e portuguesas de amanhã”, afirmou Cristina Oliveira, elogiando o espaço. “Tem o tamanho ideal e tem tudo o que é necessário. Estou certa que este espaço irá responder às necessidades das vossas crianças”, salientou ainda a delegada regional, defendendo que o CIA vai promover o que cada vez mais os especialistas defendem: que as crianças estejam mais em contacto com a natureza. “No norte da Europa, cada vez mais os alunos são trazidos para espaços ao ar livre, para contactarem com a natureza. As nossas crianças de hoje precisam de conhecer melhor e viver mais o ambiente e de estarem mais fora da escola”, conclui Cristina Oliveira, elogiando o trabalho que a Câmara Municipal da Mealhada tem feito na área da Educação.

O CIA tem como missão informar e sensibilizar os cidadãos para a problemática ambiental, promovendo a mudança de comportamentos e de atitudes, para que toda a comunidade saiba lidar com os desafios do desenvolvimento sustentável. As atividades promovidas no espaço têm, pois, como objetivos: despertar a curiosidade para o conhecimento e compreensão do meio natural que nos rodeiainteriorizar atitudes e valores respeitantes à sociedade de consumo e estimular o desenvolvimento de atitudes responsáveis com a preservação dos recursos naturaiscontribuir para a formação de uma cidadania ambientalmente mais consciente e informadadar a conhecer o património natural, sensibilizando para a valorização e preservação dos recursos naturais do concelho de Mealhada e da regiãodesenvolver a cooperação de alunos e professores em causas ambientais, construindo alicerces para uma sociedade ecologicamente saudável.

O CIA vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 17h, oferecendo as mais variadas atividades, dirigidas a todas as camadas da população, sendo apenas necessária uma inscrição prévia com quinze dias de antecedência. A dinamização do espaço está a cargo da engenheira ambiental, Lídia Dias. “Apesar de estar aberto a toda a comunidade, no horário já referenciado, este espaço vai trabalhar muito com as escolas. Temos um leque de atividades gratuitas que podemos realizar, para todas as idades, sendo apenas necessária uma inscrição prévia”, informou Lídia Dias, referindo que essas atividades vão incidir sobre as temáticas da “água, floresta, reino das plantas, reino dos animais, resíduos, energia, hortas e jardinagem, percursos e descobertas e o ambiente”. “Às quartas-feiras à tarde, vamos ter o Altambiente”, acrescentou ainda a engenheira, explicando que a iniciativa passa por jogos sobre a temática dentro e fora de portas.

O resto do dia foi passado em atividades dirigidas a toda a população. A temática foi a água, uma vez que o espaço abriu em pleno Dia Mundial da Água.

Centro de Interpretação Ambiental

Local: Parque da Cidade da Mealhada

Horário: 9h às 12h30 e das 13h30 às 17h

Responsável: Lídia Dias

Mais informações: brevemente em www.cm-mealhada.pt


02 de outubro de 2015

IMG 5225

 

Ler 1286 vezes Modificado em quinta, 22 dezembro 2016 11:14

Últimas de Tiago Mamede