Eduardo Beauté planta árvore na Mata do Bussaco

O cabeleireiro Eduardo Beauté plantou uma árvore (carvalho alvarinho), hoje, na Mata Nacional do Bussaco (Luso, Mealhada). Na iniciativa “amiga do ambiente”, o socialite fez-se acompanhar dos seus três filhos - Bernardo, Lurdes e Eduardo -, que também fizeram questão, cada um deles, de plantar uma árvore.

Eduardo Beauté ficou encantado com o património histórico, cultural, arquitetónico e sobretudo com a fauna e flora que encontrou nos 105 hectares da Mata Nacional do Bussaco. “Já tenho três filhos, estou a escrever um livro sobre os meus 50 anos de vida. Só me faltava mesmo plantar uma árvore. Ter oportunidade de o fazer numa floresta tão bonita e mágica como esta, ainda para mais na presença e com a colaboração dos meus filhos, é fantástico e eu só posso agradecer a quem proporcionou este momento inesquecível”, afirmou o cabeleireiro dos famosos logo após assinar o livro de honra da Fundação Mata do Bussaco (FMB), a entidade que gere todo o património da referida mata.
Já o presidente da FMB, António Gravato, o vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Guilherme Duarte, e o presidente da Junta de Freguesia de Luso, Claudemiro Semedo, que fizeram questão de assistir à plantação das quatro árvores, elogiaram "o gesto simbólico, mas de grande importância pedagógica”, de Eduardo Beuaté e dos seus filhos, desafiando-os a visitar regularmente o Bussaco e a acompanhar à distância o crescimento das árvores, uma vez que estas estão georreferenciadas e as coordenadas GPS foram facultadas num certificado de plantação.

Foto de Fundação Mata do Buçaco.

Esta iniciativa de plantação de árvores enquadra-se no projeto de reflorestação que a FMB tem vindo a desenvolver na referida Mata Nacional, que é candidata à classificação de Património Mundial da UNESCO e foi a primeira floresta pública portuguesa a receber a certificação FSC (gestão florestal ambientalmente adequada, socialmente benéfica e economicamente viável).

Pedro Abrunhosa, Marisa Liz (Amor Electro), Assunção Cristas, Maria de Belém, José Cid, Rui Reininho e Marco Paulo foram apenas algumas das figuras públicas nacionais que plantaram recentemente árvores no Bussaco. Também uma equipa de futebol dos Emirados Árabes Unidos e um grupo de investigadores chineses plantaram uma árvore, este ano, no Bussaco.
Recorde-se que todo o trabalho de limpeza e reabilitação da Mata decorre no âmbito do projeto BRIGHT - “Bussaco´s Recovery from Invasions Generating Habitat Threats”, com o apoio do Programa LIFE+. Com a sua execução, a FMB visa a conservação/valorização de um habitat relíquia: o adernal, cuja distribuição mundial se circunscreve aos escassos hectares existentes no Buçaco; o controlo/erradicação de flora exótica invasora que ameaça o adernal e demais espécies/habitats da Mata, através de trabalhos de continuidade centrados no ensaio e aplicação de novas práticas de controlo, dirigidas a espécies arbóreas e herbáceas, algumas das quais nunca aplicadas no contexto nacional e outras apenas a escalas mais reduzidas; o envolvimento ativo, nas atividades de conservação/valorização e controlo/erradicação, de diversos públicos e entidades, e da sociedade civil em geral (residentes, alunos, turistas, entre outros), com a perspetiva de assegurar o exercício de uma cidadania ativa e responsável em prol da conservação da natureza e da biodiversidade.

Fotografias: Ana Ribeiro / CAPhoto

Bussaco, 22 de janeiro 2017

 

facebook icon  youtube icon  tripadvisor icon
Top